Our Blog

Este post era para ser sobre Marketing de Busca. Porém, é impossível não comentar sobre a nova campanha da Dove, “Dove Retratos da Real Beleza”, publicada no canal oficial da marca em 15 de abril e já obteve até este momento 990.715 visualizações (cerca de 167 mil por dia!!!!).

A campanha da Dove que está bombando na internet, sendo amplamente compartilhada nas mídias sociais, utiliza-se de muita psicologia, mexendo com a autoestima das mulheres. E o mais interessante é que faz isso de uma maneira simples e muito real. O uso de “mulheres reais”, ao invés de divas da TV e da música, certamente é a grande virtude desta e da maioria das campanhas da Dove.

Analisemos a campanha: 

Um grupo de mulheres é divido em duplas, as quais são colocadas por um tempo determinado para conversarem. Após, uma delas vai para uma sala, onde se encontra um profissional da área de retratos falados que pede para que ela descreva sua aparência, como vê a si mesma. (Detalhe: ela não sabe que está descrevendo a si mesma para alguém que vai desenhá-la). Após isso,  a outra mulher, vai para a mesma sala e descreve a pessoa que ela acabou de conhecer. Ou seja: uma pessoa, duas descrições diferentes, duas percepções diferentes e um mesmo desenhista para fazer os retratos. E o resultado final é o que já na teoria já sabemos: enxergamos muito mais defeitos em nossa aparência do que os outros.

Apesar da ideia parecer bastante simples, há muita psicologia por trás disso e é por isso que a campanha da Dove está mexendo de maneira tão profunda com os mais básicos sentimentos das pessoas.

Frisamos que a campanha da Dove, mais uma vez vem para reforçar a ideia de que para uma campanha publicitária ter sucesso não é necessário grandes nomes do show business, nem cenários incríveis ou músicas esplêndidas. O que precisamos, como seres humanos sensíveis que somos é de “alguém” que entenda nossos medos, nossas angústias e nossas inseguranças.

E cada vez mais, grandes marcas como a Dove, percebem que não é mostrando mulheres impecáveis, ricas e “com a vida perfeita” que irão vender mais os seus produtos.

Assistam o vídeo e analisem:


Graziella BeHertzog

Então, o que você acha?